Sala de Imprensa

Press releases

O satélite H36W-1 chega a sua posição orbital e entra em serviço operacional

26 de Maio de 2017

O satélite já está na sua posição orbital definitiva em 36º Oeste e começará a oferecer seus primeiros serviços depois de superar as provas no espaço.

O Hispasat 36W-1 foi lançado no mês de janeiro passado desde o Porto Espacial Europeu de Kourou (Guiana Francesa) a bordo de um veículo Soyuz da companhia Arianespace.

MADRID, 26 de maio de 2017. O satélite Hispasat 36W-1 (H36W-1) já está na sua posição orbital definitiva em 36º Oeste e começará a oferecer os serviços de telecomunicações para o qual foi projetado nos próximos dias, depois de ter superado com sucesso as exaustivas provas realizadas no espaço. Este novo satélite tem cobertura sobre a América do Sul e Europa incluídas as Ilhas Canárias, e conta com 20 transponders em banda Ku e capacidade adicional em banda Ka.

Com uma vida útil de 15 anos, oferecerá serviços de contribuição de vídeo e backhaul celular, bem como soluções empresariais e de banda larga, entre outros. O satélite foi construído pela empresa alemã OHB System AG e é a primeira missão da nova plataforma SmallGEO, desenvolvida pelo fabricante alemão juntamente com a Agência Espacial Europeia e HISPASAT. Esta plataforma permite uma redução substancial em massa do satélite graças ao uso de propulsão elétrica durante toda sua vida útil.

O H36W-1 decolou do Porto Espacial Europeu de Kourou (Guiana Francesa) no passado dia 27 de janeiro a bordo de um foguete Soyuz da companhia Arianespace. Desde então, os subsistemas, transponders e antenas foram testados rigorosamente para garantir o seu correto funcionamento em órbita.

Carga útil avançada RedSAT

O H36W-1 embarca uma avançada carga útil regenerativa, RedSAT, composta por uma inovadora antena ativa de feixes reconfiguráveis que, juntamente com o processador de bordo, melhora a eficiência e as prestações do satélite. A antena pode ser controlada eletronicamente desde a Terra e reorientada em qualquer momento da vida do satélite, dotando-o de flexibilidade para adaptar em órbita suas coberturas e mudanças que possam ocorrer na missão depois do lançamento.

O processador de bordo é mais um passo na evolução dos satélites, que pode amplificar consideravelmente a arquitetura da rede ao realizar no espaço para do processamento que habitualmente é realizado na Terra. Poderá processar até quatro transponders de 36 MHz de forma simultânea, corrigindo as possíveis degradações do sinal e transmitindo-o sem erros, o que se traduz em um sistema de comunicações mais robusto e de maior qualidade que permite a recepção com antenas de pequeno diâmetro.

Sobre a HISPASAT

A HISPASAT é formada por empresas com presença tanto na Espanha como na América Latina, onde a sua filial brasileira HISPAMAR se localiza. A companhia é líder na difusão e distribuição de conteúdos em espanhol e português, incluindo a transmissão de importantes plataformas digitais de DTH (Direct to Home) e Televisão de Alta Definição (HDTV). A HISPASAT também provê serviços de banda larga via satélite e outras soluções de valor agregado para governos, corporações e operadoras de telecomunicações nas Américas, Europa e norte da África. A HISPASAT é uma das principais companhias do mundo em receita no seu setor e a principal ponte de comunicação entre a Europa e as Américas.


Download press release


Este sitio web usa cookies propias y de terceros para mejorar nuestros servicios y recoger información sobre su navegación. Si pulsa "aceptar" o continua navegando consideraremos que admite el uso e instalación en su equipo o dispositivo. Encontrará más información en nuestra Política de Cookies.