Sala de Imprensa

Press releases

A vida útil do Amazonas 1 termina e ele é levado à órbita cemitério

23 de Junho de 2017

O quinto satélite da frota da HISPASAT finalizou hoje seu processo de reorbitação, que foi iniciado no último dia 19 de junho de 2017.

Este satélite prestou serviços de modo eficaz das posições orbitais de 61º e 55º Oeste.

MADRI, 23 de junho de 2017. HISPASAT, a operadora espanhola de comunicações por satélite, finalizou hoje o processo de reorbitação do satélite Amazonas 1. Este processo, que começou no último dia 19, terminou hoje após a transmissão do último comando do Centro de Controle de Satélites da HISPASAT em Arganda del Rey, e com isso foi completado o procedimento de passivação do satélite depois de que ele prestou serviços de comunicações ao longo de toda a sua vida útil, apesar de ter sofrido uma fuga de combustível pouco depois do lançamento.

O satélite Amazonas 1 foi lançado dia 5 de agosto de 2004 de Baikonur, a bordo o foguete Proton M Breeze M, da empresa ILS. Construído pela empresa EADS Astrium, atualmente Airbus, foi o primeiro satélite localizado na posição orbital brasileira de 61º Oeste. Em 2014,graças a um acordo com a Intelsat, o satélite foi trasladado para a posição 55,5º Oeste. Ao longo da sua vida útil, o Amazonas 1 realizou mais de 25.000 transmissões de 19 países diferentes, 613 manobras em órbita, e foi testemunha de 1.170 eclipses da Terra e 29 da lua.

O Amazonas 1 foi a pedra fundamental da expansão geográfica da empresa para os mercados da América Latina. Este satélite, com capacidades transatlânticas e pan-americanas, deu cobertura a todo o continente americano, Europa e norte da África. Baseado na plataforma Eurostar 3000, seus principais serviços foram a distribuição de canais de televisão, tanto na Europa como na América, e outras soluções de telecomunicações, como redes corporativas ou aplicativos em banda larga, entre outros.

Antonio Abad, diretor técnico e de Operações da HISPASAT, destacou que “o satélite Amazonas 1 foi muito especial para a Hispasat porque foi o primeiro passo na internacionalização da empresa. O satélite sofreu inicialmente uma fuga de combustível que pôs em dúvida o seu funcionamento futuro. Apesar disto, o Amazonas 1 cumpriu com a maioria da sua vida útil, algo que era impensáverl após alquela falha. Isso demonstra que era um satélite robusto e confiável, dentro da linha de qualidade da Airbus com a qual estamos acostumados, com a colaboração da indústria espanhola, que também participou de seu desenvolvimento”.

Por sua parte Arnaud de Rosnay, SVP Telecommunications Satellites de Airbus, afirmou: “Estamos orgulhosos de ser os sócios industriais de HISPASAT desde a sua criação e agradecemos a sua confiança, que nos permitiu contribuir com os seus numerosos sucessos. O Amazonas 1 começa uma bem merecida aposentadoria e o substituto está pronto, em particular graças a Amazonas 2 também construído por Airbus, e que oferece um incremento de capacidade em uma das principais posições orbitais de nosso distinguido cliente HISPASAT”.

Hoje o Amazonas 1 terminou de percorrer os 300 km de distância desde a 36.000 km de distância da Terra até a “órbita cemitério”, onde ficou definitivamente localizado, como estabelecem as recomendações da União Internacional de Telecomunicações (UIT) e do Comitê de Coordenação Inter-Agências de Resíduo Espacial (Inter-Agency Space Debris Coordination Committee), para a boa manutenção da órbita geoestacionária quando um satélite finaliza sua vida útil.

Sobre a AIRBUS

A Airbus é o líder mundial em aeronáutica, espaço e serviços relacionados. Em 2016 gerou lucro de 67.000 milhões de euros com um quadro de 134.000 empregados. Airbus oferece a gama mais completa de avões de passageiros desde 100 lugares até mais de 600. A Airbus também é um líder europeu na fabricação de aviões de abastecimento, de combate, de transporte e para missões, bem como a primeira empresa espacial europeia e a segunda maior do mundo. Em helicópteros, a Airbus proporciona as soluções mais eficientes do mundo em helicópteros civis e militares.

Acerca de HISPASAT

A HISPASAT é formada por empresas com presença tanto na Espanha como na América Latina, onde a sua filial brasileira HISPAMAR se localiza. A companhia é líder na difusão e distribuição de conteúdos em espanhol e português, incluindo a transmissão de importantes plataformas digitais de DTH (Direct to Home) e Televisão de Alta Definição (HDTV). A HISPASAT também provê serviços de banda larga via satélite e outras soluções de valor agregado para governos, corporações e operadoras de telecomunicações nas Américas, Europa e norte da África. A HISPASAT é uma das principais companhias do mundo em receita no seu setor e a principal ponte de comunicação entre a Europa e as Américas.

Download press release


Este sitio web usa cookies propias y de terceros para mejorar nuestros servicios y recoger información sobre su navegación. Si pulsa "aceptar" o continua navegando consideraremos que admite el uso e instalación en su equipo o dispositivo. Encontrará más información en nuestra Política de Cookies.