Sala de Imprensa

Press releases

HISPASAT alcança um resultado líquido de 80,5 milhões de euros

8 de Março de 2018

A operadora espanhola conseguiu consolidar seus ganhos totais, 235 milhões de euros, em um ano complicado para o mercado satelital.

A margem do EBITDA continua acima de 80%, entre as mais altas do setor.

A contratação de capacidade satelital assegurada a longo prazo (back-log) se situa em 4,4 vezes os ganhos anuais da companhia.

MADRI, 8 de março de 2018. HISPASAT, a operadora espanhola de comunicações por satélite, alcançou no exercício 2017 um resultado líquido de 80,5 milhões de euros, o que representa um aumento de 220% em relação ao exercício anterior, quando gastos extraordinários e a situação adversa da sociedade investida HISDESAT impactaram negativamente as contas da companhia.

Os ganhos totais foram de 235,1 milhões de euros, o que representa um aumento de 2,7% sobre aqueles obtidos em 2016. Os ganhos por capacidade espacial, entretanto, caíram para 218,8 milhões de euros, em comparação aos 225,5 milhões do ano anterior, devido à complicada situação do mercado satelital, mergulhado em uma vertiginosa mudança de paradigmas, com um excesso de oferta que pressiona os preços para baixo e uma forte concorrência de outras tecnologias. Da mesma forma, os atrasos no lançamento dos satélites também tiveram um efeito negativo nos ganhos, pois não foi possível comercializar a nova capacidade prevista.

Por áreas geográficas, 36,4% dos ganhos por arrendamento de capacidade espacial da companhia provêm da Europa, 62,7% do mercado americano e os 0,98% restantes foram gerados em outras regiões.

Durante 2017, a HISPASAT continuou desenvolvendo um intenso trabalho comercial com o objetivo de oferecer as melhores soluções de comunicação e responder às novas demandas do mercado. Como consequência, a contratação assegurada de capacidade satelital a longo prazo (back-log) da companhia continua sendo uma das mais elevadas do setor, situando-se em 4,4 vezes os ganhos anuais da HISPASAT.

O EBITDA alcançou 192,1 milhões de euros, 9,4% a mais que em 2016, e a margem EBITDA ficou situada em 81,7%, cinco pontos acima da correspondente a este ano, mantendo-se entre as mais altas do setor. Este impulso no EBITDA obedece em grande medida o controle rígido na gestão de gastos operacionais que, no exercício passado, foi reduzido em mais de 10 milhões de euros, o que representa mais de 19% de economias consolidadas. Isolando os conceitos extraordinários de gastos nos quais incorreu em 2016, a companhia cortou seus custos operacionais recorrentes em 2,4 milhões de euros, 5,5% menos que no ano anterior.

Ademais, a operadora seguiu desenvolvendo seu plano de crescimento durante 2017, colocando em órbita os satélites Hispasat 36W-1 e o Amazonas 5, além de finalizar a construção do Hispasat 30W-6. A cifra de investimento alcançou 115,1 milhões de euros, destinados fundamentalmente a esses programas satelitais, bem como a projetos de inovação, tanto em satélites como em produtos e serviços, para responder aos desafios e oportunidades que são apresentados no mercado. Esta quantidade foi reduzida 31,4% em comparação aos 167,8 milhões do ano passado devido à lentidão do ritmo de investimentos derivada da finalização da atual fase de crescimento da frota, que culminará com o lançamento do Hispasat 30W-6. Como consequência de tudo isso está a diminuição da proporção de endividamento da companhia, situada em 1,88 vezes a Dívida Líquida/EBIDTA.

Para Elena Pisonero, presidenta da HISPASAT, “este exercício foi muito complexo. O mercado satelital está em plena evolução: estão sendo produzidas mudanças nos modelos de negócio e aparecem novas tecnologias e novos atores no mercado. Este ano conseguimos consolidar nossos ganhos e aumentar nosso benefício líquido graças à excelente gestão da equipe de profissionais com quem a companhia conta, mas enfrentamos novos desafios. Os hábitos de consumo, tanto de televisão como de dados, estão mudando, e o setor satelital precisa se adaptar a essas mudanças. Por isso vamos seguir apostando na inovação e na criação de novas propostas para que nossa oferta siga sendo relevante e resulte atrativa para nossos clientes”.

Sobre a HISPASAT

A HISPASAT é formada por empresas com presença tanto na Espanha como na América Latina, onde a sua filial brasileira HISPAMAR está localizada. A HISPASAT é líder na difusão e distribuição de conteúdos audiovisuais em espanhol e português, incluindo a transmissão de importantes plataformas digitais de DTH (Direct to Home) e Televisão de Alta Definição (HDTV). A HISPASAT também provê serviços de banda larga e conectividade via satélite que abrangem acesso à Internet, mobilidade e backhaul de redes celulares, bem como outras soluções de valor agregado para governos, corporações e operadoras de telecomunicações nas Américas, Europa e norte da África. A HISPASAT é uma das principais companhias do mundo em receita no seu setor e a principal ponte de comunicação entre a Europa e as Américas.

Contato de imprensa:

María Felpeto – t 91 710 25 40 mfelpeto@hispasat.es / comunicacion@hispasat.es


Este sitio web usa cookies propias y de terceros para mejorar nuestros servicios y recoger información sobre su navegación. Si pulsa "aceptar" o continua navegando consideraremos que admite el uso e instalación en su equipo o dispositivo. Encontrará más información en nuestra Política de Cookies.