Sala de Imprensa

Press releases

HISPASAT proporciona conectividade e ensino a distância por satélite de forma humanitária a 15 escolas e comunidades rurais de Honduras

21 de Abril de 2021

- O ministro da Educação de Honduras e o embaixador da Espanha inauguraram este serviço doado pela HISPASAT no âmbito da ajuda prestada pela Espanha após a catástrofe provocada pelos furacões Eta e Iota.

- A operadora cedeu terminais de satélite Wi-Fi, capacidade de satélite e uma solução de ensino a distância durante os próximos nove meses a 15 escolas e comunidades rurais situadas em diferentes departamentos do país.

- Em cenários de catástrofe como este, onde milhares de estudantes ficaram sem acesso à Internet, a tecnologia de satélite representa uma ferramenta fundamental para contribuir com o restabelecimento das comunicações, é independente das infraestruturas terrestres e não é afetada por desastres naturais.

MADRI, 21 de abril de 2021. O ministro da Educação de Honduras, Arnaldo Bueso, o embaixador da Espanha em Honduras, Guillermo Kirkpatrick, e o diretor comercial da HISPASAT, Ignacio Sanchis, inaugurarom ontem com uma visita a uma escola no departamento de Comayagua o serviço de conectividade e ensino a distância que a operadora espanhola de telecomunicações por satélite do Grupo Red Eléctrica doou a 15 escolas e comunidades rurais do país. Esta cessão, fruto da parceria público-privada, foi estabelecida com a Secretaria de Educação de Honduras no âmbito da ajuda humanitária que a Espanha destinou ao país centro-americano para atenuar a devastação provocada pelos furacões Eta e Iota no final de 2020.

A HISPASAT forneceu, especificamente, todo o equipamento necessário para a implantação de 15 pontos de Wi-Fi por satélite situados em diferentes departamentos do país, bem como uma solução de ensino a distância que permite fazer o download e acessar conteúdos formativos em servidores locais para que os estudantes possam utilizá-los eficazmente. A solução implementada fornece uma rede Wi-Fi à instituição de ensino e inclui também um ponto Wi-Fi comunitário, que proporciona acesso à Internet à população destas comunidades rurais. A HISPASAT assumiu também as despesas de instalação e manutenção desse serviço, que terá uma duração de nove meses.

A devastação provocada pelos furacões no ano passado implicou a evacuação de meio milhão de pessoas e deixou 330 mil pessoas sem comunicação e metade dos estudantes sem conexão à Internet. Em cenários de catástrofe como este, a tecnologia de satélite é uma ferramenta fundamental para acelerar o restabelecimento das comunicações. Além disso, seu uso é essencial para a formação em ferramentas e competências digitais em países como Honduras, onde as escolas rurais muitas vezes carecem de acesso à Internet por meio de redes terrestres e móveis.

Compromisso com a educação em Honduras

O ministro da Educação, Arnaldo Bueso, explicou que o governo de Honduras está promovendo grandes iniciativas como parte de seu compromisso com a educação de qualidade. “Estamos unidos como sociedade e agradecemos a participação de todos os agentes: governo central, empresários, equipes técnicas, cooperadores, sociedade civil, pais e mães de família, docentes, igrejas, governos locais e muitos outros que, sem dúvida, estão comprometidos com o futuro de milhares de estudantes”, explicou.

Mostrou também seu agradecimento à cooperação espanhola e à HISPASAT por apoiar estas iniciativas e que dessa forma os estudantes podem ter o direito de acesso a uma educação de qualidade, ainda mais em regiões remotas do país onde há menos presença tecnológica. “Atualmente continuamos enfrentando grandes desafios, com uma pandemia que não retrocede e uma presencialidade que se torna cada dia mais difícil de ser mantida, e queremos que nossos estudantes se matriculem e continuem estudando, que realizem seus sonhos e melhorem sua qualidade de vida”, detalhou.

O embaixador Guillermo Kirkpatrick, por sua vez, afirmou: “O fechamento das instituições de ensino em Honduras devido à pandemia, agravado pelos furacões Eta e Iota, evidenciou a necessidade de promover a educação digital. Para isso, é necessário eliminar a disparidade digital, especialmente nas regiões rurais e remotas do país, e modernizar os sistemas educacionais, adaptando a formação de educadores, pais e estudantes. Com a Cooperação Espanhola, estamos promovendo um projeto educacional que combina ação humanitária a curto prazo, rápida recuperação a médio prazo e reconstrução com transformação digital a longo prazo, incluindo a promoção de parcerias público-privadas para apoiar iniciativas que tornem a educação digital mais acessível a todos e todas sem deixar ninguém para trás”.

“Na HISPASAT, estamos plenamente comprometidos com o papel que o satélite desempenha em situações como a vivida em Honduras. Contudo, não queremos que essa solução de conectividade esteja destinada apenas ao restabelecimento das comunicações dessas 15 escolas, mas que contribua também para a redução efetiva da disparidade digital em um serviço básico como a educação”, acrescentou Ignacio Sanchis, diretor comercial da empresa.

Nesse sentido, a HISPASAT trabalha em colaboração com a Agência Espanhola de Cooperação Internacional para o Desenvolvimento (AECID), em diversas iniciativas para fornecer conectividade por satélite a escolas e comunidades rurais na América Latina e promover uma educação de qualidade em regiões remotas e desfavorecidas.

Impacto desta ação da HISPASAT nos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável:




Sobre a HISPASAT

HISPASAT é a operadora de satélites de referência na Espanha e motor da inovação no setor aeroespacial. É a principal ponte de comunicação entre os continentes europeu e americano como provedora de serviços de banda larga e de conectividade para as Américas, a Europa e o norte da África, através de suas empresas na Espanha e na América Latina, onde tem sede a HISPAMAR, sua filial brasileira. É líder na difusão e distribuição de conteúdos audiovisuais em espanhol e português, incluindo a transmissão de importantes plataformas digitais de Televisão DTH (“Direct to home”, direto para casa, em inglês) e HDTV (Televisão de Alta Definição, por suas siglas em inglês). Estas atividades a convertem em uma das principais empresas mundiais por receita em seu setor, integrando o Grupo Red Eléctrica.

Contato de imprensa:

Víctor Inchausti – tel. +34 91 710 25 40 – vinchausti@hispasat.es / comunicacion@hispasat.es



Documento não oficial destinado aos meios de comunicação, e que não vincula a HISPASAT. Reprodução permitida somente se a fonte for citada.